A CONEXÃO ENTRE ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO E BEM ESTAR

Será que animais podem ajudar pacientes a crescer?

gato e sua saúde

Quantas vezes durante uma sessão de treinamento pessoal você discutiu as palhaçadas dos animais de estimação com seus clientes? E aquele participante que compartilhou um vídeo engraçado do animal de estimação após a sessão, fazendo todo mundo rir? Não é segredo que animais de estimação e bem-estar estão conectados e que nosso animais são chaves emocionais e físicas para uma vida mais saudável e equilibrada – desde saudações babadas e saltos de alegria que diz “onde você esteve o dia todo?” (mesmo que se você saiu da sala por 10 minutos). Animais de estimação são o perfeito antídoto para estresse. A capacidade deles de dar amor incondicional é incrivelmente curativa.

E parece que nossa conexão com animais de estimação está crescendo! De acordo com uma enquete conduzida em 2021–2022 pela Pesquisa National de Donos de Animais de Estimação, 70% dos lares nos EUA ou em torno de 90.5 milhões de famílias, possuem um animal de estimação (APPA 2022). 67% em 2019. Durante a pandemia, quase um em três Americanos adotaram um animal de estimação (III 2022).

Mas será que há evidência científica de que animais podem nos ajudar a curar e crescer? Será que possuir um animal de estimação é algo que personal trainers possam querer levar em conta no design de alguns programas?

Pesquisa: Animais de Estimação e Bem-Estar

Numerosos estudos têm mostrado os positivos efeitos que animais podem ter em nossas vidas. Sim, melhora do condicionamento físico é um benefício. Seja se os clientes saem em longas corridas e caminhadas com seus cães ou se correm atrás do gato que gostar de escapulir quando a porta abre, se movimentar com um animal de estimação aumenta atividade física.

De acordo com um estudo do Jornal Americano de Medicina e Estilo de Vida, levar os cães para caminhar promove engajamento e aderência à atividade física regular (Christian et al. 2018). Outro estudo notou que em média, pessoas que caminham com cães passam 22 minutos por dia andando em comparação à pessoas que não têm um cão (Dall et al. 2017).

Acredita-se que ter um animal de estimação reduz a pressão do sangue e colesterol de acordo com o CDC (2021). Pesquisas também sugerem que donos de gatos são 30% menos prováveis a terem um ataque do coração e quase 40% são menos prováveis a ter um derrame (Qureshi et al. 2009).

Se você tem clientes se recuperando de cirurgias de substituição de articulações, Fido pode ajudá-los a depender menos dos analgésicos e potencialmente se curarem mais rápido. Pessoas que usaram a terapia pet — a interação guiada entre uma pessoa e um animal treinado – enquanto passando por recuperação desse tipo de cirurgia, usaram menos medicamentos pra dor do que aquelas sem um animal (Havey et al. 2014).

E quanto ao estresse? Uma enquete de 2022 lançada pela Associação Americana de Psicologia descobriu que 87% dos pesquisados disseram que “sua saúde mental foi grandemente afetada pelo que sentiam ser uma grande corrente de crises sem pausa pelos últimos dois anos” (APA 2022). Essa é somente outra razão pela qual possuir um animal de estimação pode ser mais que recompensador. Pode potencialmente salvar vidas, especialmente quando você considera que estresse relacionado ao trabalho causa 120 mil mortes e resulta em $190 bilhões de gastos com planos de saúde anualmente (Blanding 2015). Um estudo de estudantes universitários descobriu que apenas 10 minutos de interação com gatos e cães produziu uma significante redução nos níveis de cortisol, um dos principais hormônios do estresse (Pendry & Vandagriff 2019).

Animais de estimação na academia?

A pesquisa fala por si mesma, mas e quando se trata de permitir animais de estimação durante sessões de treino na academia de ginástica? Muita gente se juntou ao círculo de donos de animais de estimação nos últimos dois anos, já que ordens pra permanecer em casa foram mandatórias e mais pessoas decidiram que tinham tempo e energia pra se devotarem a um amigo e companheiro de quatro patas. Agora que os negócios e locais de trabalho estão reabrindo – incluindo academias – o que farão os novos donos de animais de estimação? Trazê-los com eles ou deixá-los em casa?

Muitas academias decidiram abrir suas portas novos amigos dos membros. Caso muitos desses estabelecimentos sejam instalações pequenas, mas grandes cadeias (como todos os grandes negócios) sempre permitiram cães em suas instalações. Talvez alguém começará uma nova tendência onde companheiros peludos são permitidos a se exercitarem e brincarem com seus donos enquanto eles se exercitam. Isso parece o paraíso para um amante de animais, mas apresenta alguns desafios para os donos de negócios. Abaixo há uma lista com os prós e contras de se permitir animais (especialmente cães) em uma academia de exercícios:

Prós:

     

      • Você ter apelo para um novo mercado de clientes que não vão à academia porque não querem deixar os cães sozinhos em casa.

      • É uma boa maneira de converter clientes previamente virtuais em clientes que comparecem em pessoa.

      • Pode levar ao maior comprometimento dos seus clientes porque não têm a desculpa de “ter que alimentar ou levar o animal para passear.”

      • Você poderá cobrar mais, já que está adicionando valor e benefício, e isso pode te dar uma vantagem sobre os competidores.

      • Você pode trazer seu próprio animal (uma vitória pra você, seus clientes e seus animais de estimação).

    Outro pró é algo que o personal trainer Andy Graydon de Glasgow na Escócia teve em mente. Ele começou permitindo que seus clientes levassem os cães pra ajudar a fazer a academia menos intimidante. A idéia dele era que malhar em uma academia cheia de gente pode ser bem assustador para iniciantes ou pessoas que querem retornar à academia depois de um longo período afastados. Graydon sentiu que trazer os animais de estimação ajudaria os clientes a saírem do “modo de comparação” e lhes empoderar a construir confiança (Vundla 2019).

    Contras:

       

        • Você precisará de um local dedicado para os animais se aliviarem, assim como locais para água e descanso enquanto os donos estão se exercitando.

        • Outros clientes podem não gostar de cães, temê-los ou terem alergias.

        • E se a cachorrada começar a brigar, latir, rosnar, sair correndo e quebrar coisas? Ou se um cão interferir com um exercício, derrubar alguém, morder ou ferir outro cão ou algum cliente?

        • Seguro pode não te dar cobertura, ou se o edifício for um leasing, você pode não ser autorizado a fazer isso por questões de seguro.

        • Você precisará dar uma olhada na cobertura dos sinistros. Se houver uma reclamação ou alegação de um cliente que foi mordido, derrubado, urinado, etc? Você precisará alterar suas cláusulas e formulários de responsabilidade pra incluir a informação e regras necessárias pra levarem animais de estimação. Certifique-se de estabelecer protocolos, regras e regulamentos pra manter o controle dos animais e informe todos os seus clientes – especialmente os alérgicos – que suas instalações são amistosas com animais de estimação.

      Em geral você precisará dedicar tempo pra pesquisar diretrizes e leis na sua cidade e estado e os requerimentos para o lease de edifícios. Mesmo assim as pesquisas mostram que vale a pena o tempo e esforço investido pra oferecer essa amenidade aos seus clientes. Afinal de contas todos nós estamos no ramo de negócios pra ajudar os outros a viverem vidas mais saudáveis?

      Um caminho positivo

      Independente se você permite que seus clientes e participantes malhem com seus animais de estimação, vale notar a conexão entre animais e bem-estar e o impacto positivo que eles podem ter nas nossas vidas. Pelo menos você pode encorajar mais caminhadas com os cães, maior tempo de carícias, brincadeiras, etc. Animais de estimação podem estimular o gasto de calorias e melhorar atitudes que ajudam com mudanças gerais de comportamento. E se você surgir com um modo criativo de incluir animais de estimação no seu programa – melhor ainda!

      Cinco Maneiras em Que Animais de Estimação Melhoram Saúde Mental

         

          1. Redução de estresse relacionado ao trabalho: Dois em cada três funcionários dizem que o trabalho os estressa e 40% dizem que seus empregos são obstáculos no caminho da saúde. Estudos demonstram que animais de estimação no ambiente de trabalho ajuda a reduzir estresse e melhora a satisfação do funcionário.

          1. Aumento na produtividade: Quando um cão se junta a uma reunião virtual, membros grupo colocam os colegas em uma categoria de confiança, coesão de equipe e camaradagem mais elevada.

          1. Animais de estimação ajudam a gerenciar a ansiedade, proporcionam companhia e suporte, o que ajuda a pessoas que estão tendo dificuldades com saúde mental.

          1. Mais exercício, melhor saúde. Animais de estimação dão uma razão pra sair, respirar ar puro e fazer atividades, que comprovadamente melhora o humor, sono e saúde mental.

          1. Animais de estimação dão um senso de união. Esse laço espaço ajuda pessoas que se sentem sozinhas. Quando os donos vêem, toquem, escutam ou falam com seus companheiros animais, isso traz um senso de boa vontade, alegria, cuidado e felicidade.

        Fonte: American Heart Association 2021.

        Igualdade Animal

        Quem não adora um “cão feliz” saudando após um longo dia de trabalho? Ou o gato ronronando quando está aconchegado no seu corpo enquanto você lê um livro em frente da lareira ou debaixo do cobertor? Enquanto que estes sejam óbvios benefícios de se possuir animais de estimação, também há obrigações e responsabilidades, visitas ao veterinário, contas pra considerar. Enquanto que alguns podem ficar desgostosos pela idéia de levar para caminhadas diárias, alimentar, limpar a caixinha de areia do gato ou catar o cocô do cachorro, também há um pouco de mérito nos aspectos físicos e mentais que envolvem estas obrigações.

        No lado emocional e do bem estar, a alegria do amor incondicional tem demonstrado redução na ansiedade, depressão, pressão do sangue e taxa cardíaca. Alimentar e cuidar dos animais de estimação ajuda as pessoas a acharem uma razão pra seguir vivendo quando ficam deprimidas.

        No lado físico, há benefícios nos próprios movimentos. Por exemplo, uma caminha diária pode ajudar um indivíduo normalmente sedentário adicionando movimento à sua rotina diária. E os movimentos para inclinar, pegar coisas, agachar ou ajoelhar ajuda no alcance locomotor do corpo que é necessário para corrigir alinhamento e fortalecer os membros em geral. Grandes efeitos colaterais das obrigações menos atrativas de se possuir um animal de estimação.

        Animais de Estimação Curadores

        Deck: Cães e gatos são terapeutas de certa forma

        Ainda não está totalmente de acordo com a idéia de que o cão ou gato do seu cliente seja uma fonte real e quantificável de saúde e bem estar? Considere essa opinião especialista antes descartar a idéia da terapia pet. Não estamos falando sobre serviço de animais que são treinados pra proporcionar assistência com as necessidades e cuidados diários, tais como lembretes para medicação e alertas de convulsões, e sim da mera presença de animais de estimação que proporciona benefícios à saúde daqueles ao redor deles.

        De acordo com a Clínica Mayo (2020), “Terapia Pet” é um termo que inclui terapia assistida e outras atividades com animais. Terapia assistida por animais de estimação é uma área em crescimento que usa cães e outros animais pra ajudar as pessoas a se recuperarem e lidarem com problemas de saúde como doenças cardíacas, câncer e distúrbios mentais.

        Terapia Pet pode ajudar a reduzir dores, ansiedade, depressão e fatiga em pessoa com uma gama de problemas de saúde incluindo:

           

            • tratamento contra câncer

            • longas internações hospitalares

            • doenças cardiovasculares

            • demência

            • distúrbios pós traumáticos e de estresse

            • ansiedade

          É altamente provável que você tenha clientes que caiam dentro de uma destas categorias acima ou que tenham um ente amado que caia, então vale à pena pensar nas possibilidades de ter animais de estimação no design dos seus programas.

          Projetos Portia’s Pet

          Eu tenho tido sorte de ter cães e gatos na minha vida desde o nascimento. Nunca pude imaginar um dia na minha vida sem um animal de estimação, mesmo quando eu morei na Tailândia por dois anos. Durante minha entrevista de emprego eu disse que não poderia trabalhar se não pudesse levar meus gatos comigo! Foi desafiador descobrir como mudar pra Bangkok com três gatos e mudar de volta, mesmo assim eu não faria de outra forma. O laço emocional que eu criei com estes gatos resgatados em intervalos de um ano após o outro, foi decisivo. Eles também aumentaram minha confiança em tomar uma decisão de mudança de carreira e de vida e me mudar para outras partes do mundo, sem mencionar o suporte emocional que me proporcionaram enquanto eu me aclimatava à nova cultura, país e estilo de vida. Meus animais de estimação me ajudaram a superar minha depressão e solidão iniciais quando eu primeiro aterrissei e quando voltei pra casa.

          Referências

          AHA (American Heart Association). 2021. 5 ways pets help with stress and mental health. Accessed Mar. 24, 2022: heart.org/en/healthy-living/healthy-bond-for-life-pets/pets-and-mental-health.

          APA (American Psychological Association). 2022. Stress in America. Accessed Mar. 22, 2022: apa.org/news/press/releases/stress/index.

          APPA (American Pet Products Association). 2022. Pet industry market size, trends & ownership statistics. Accessed Mar. 21, 2022: americanpetproducts.org/press_industrytrends.asp.

          Blanding, M. 2015. Workplace stress responsible for up to $190B in annual U.S. healthcare costs. Accessed Mar. 22, 2022: forbes.com/sites/hbsworkingknowledge/2015/01/26/workplace-stress-responsible-for-up-to-190-billion-in-annual-u-s-heathcare-costs/?sh=ec59e7b235a2.

          CDC (Centers for Disease Control and Prevention). 2021. How to stay healthy around pets. Accessed Mar. 22, 2022: cdc.gov/healthypets/keeping-pets-and-people-healthy/how.html.

          Christian, H., et al. 2018. Encouraging dog walking for health promotion and disease prevention. American Journal of Lifestyle Medicine, 12 (3), 233–43.

          Dall, P.M., et al. 2017. The influence of dog ownership on objective measures of free-living physical activity and sedentary behaviour in community-dwelling older adults: A longitudinal case-controlled study. BMC Public Health, 17 (496).

          Havey, J., et al. 2014. The effect of animal-assisted therapy on pain medication use after joint replacement. Anthrozoös, 27 (3).

          III (Insurance Information Institute). 2022. Facts + statistics: Pet ownership and insurance. Accessed Mar. 22, 2022: iii.org/fact-statistic/facts-statistics-pet-ownership-and-insurance.

          Mayo Clinic. 2020. Pet therapy: Animals as healers. Accessed Mar. 24, 2022: mayoclinic.org/healthy-lifestyle/consumer-health/in-depth/pet-therapy/art-20046342.

          Pendry, P., & Vandagriff, J.L. 2019. Animal visitation program (AVP) reduces cortisol levels of university students: A randomized controlled trial. Aera Open. doi.org/10.1177/2332858419852592.

          Qureshi, A.I., et al. 2009. Cat ownership and the risk of fatal cardiovascular diseases. Results from the Second National Health and Nutrition Examination Study Mortality Follow-up Study. Journal of Vascular and Interventional Neurology, 2 (1), 132–35.

          Vundla, A. 2019. Meet the Glasgow personal trainer who lets fitness fans bring dogs to the gym. Accessed Mar. 24, 2022: glasgowlive.co.uk/news/glasgow-news/meet-glasgow-personal-trainer-who-16667086.

           

          www.petcafe.com.br

          Pet Café (@petcafebh) • Fotos e vídeos do Instagram

          PetCafe
          PetCafe

          Deixe um comentário

          O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

          Mais posts

          Últimos Posts

          logo petcafe a melhor cafeteria do Brasil

          Nosso café é animal. Sem igual.

          Venha conhecer!

          Onde Estamos
          Horário de Funcionamento
          Newsletter
          Inscreva-se em nossa newsletter para receber as novidades sobre o Pet Café.
          Copyright © 2023 Pet Café | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Morciani Soluções Digitais
          Copyright © 2023 Pet Café - Todos os direitos reservados.
          Desenvolvido por Morciani Soluções Digitais